Gostou do post? Ajude-nos votando nas estrelas AQUI Abaixo 👇
Nos ajude e Avalie Este Post:

Durante a gravidez ou até mesmo antes dela, quando é algo planejado, a mulher precisa se cuidar e se preparar para conseguir manter o bebê saudável durante a gestação e também para ter energias suficientes para ela e para a criança.

Sendo assim, muitas precauções são tomadas, como por exemplo: procedimentos estéticos, especialmente, os que são utilizados produtos químicos devem ser banidos; bebidas alcoólicas e cigarros também devem ser suspensos.

E, certamente, é importante ter cuidado com os tipos de alimentos que podem ser consumidos.

No entanto, após a gravidez, é natural que a mulher se preocupe com a amamentação, se questionando se a quantidade produzida é suficiente para alimentar o bebê.

E, como sempre, todo o conhecimento sobre o corpo é importante neste momento.

Quanto mais o bebe mama, mais o corpo produz leite

É claro que é essencial manter uma alimentação adequada para estar nutrida durante essa fase exaustiva, afinal, cuidar de uma criança que ainda não entende o mundo a sua volta, não é nada fácil.

Porém, é extremamente importante saber como o corpo muda durante essa fase.

O corpo da mulher produz leite naturalmente, mas isso acontece conforme o bebe mama, ou seja, quanto mais ele se alimenta, mais o organismo trabalha para produzir.

Então, se a amamentação não está sendo feita de forma correta, é porque o processo de entrega do leite materno está sendo inadequado.

Ou seja, caso a criança tenha dificuldades de sugar o leite, é necessário buscar auxilio com o pediatra, pois, ele vai ajudar a entender os motivos que levam o recém-nascido a não amamentar e buscar a melhor maneira de resolver isso.

Outros aspectos importantes

Agora que já sabemos que a conforme a criança mama, mais o corpo estimula o leite materno, é importante saber de outras aspectos. Como por exemplo:

– É importante que a mulher aprenda como amamentar a criança, bem como, o tempo de mamada e posições corretas de segura-los.

– A criança nasce preparada para ser amamentada, ou seja, ela está pronta para sugar o leite, no entanto, ela ainda precisa aprender como fazer isso, o que pode levar um tempo. O essencial é que a mamãe não fique desesperada.

– O uso de chupetas e mamadeiras devem ser evitados, pois farão o bebê ter mais dificuldade para se adaptar ao peito.

– É também muito importante amamentar o bebê frequentemente, ou seja, sempre que ele quiser.

É muito comum ouvir pessoas dizerem que deve restringir a quantidade de leite materno, no entanto, a mamada não deve ser interrompida, pois é ela quem vai fazer a criança crescer forte e saudável.

Alimentos que ajudam a produção de leite

Nenhum alimento é responsável pelo aumento da produção de leite materno, no entanto, alguns são benéficos, pois, possuem nutrientes que são bons para a mulher e para o bebê que consegue consumi-los por meio da amamentação.

Veja a seguir:

Peixe

Por ser um alimento que possui ômega 3, se torna muito benéfico para o crescimento da criança, pois, este componente ajuda no desenvolvimento do sistema nervoso.

Folhas verdes

Alguns vegetais como brócolis, couve e espinafre são ricos em vitamina E, ácido fólico e potássio, além de terem cálcio e vitamina D.

Esses nutrientes são importantes para a formação óssea do bebe, e colaboram com os batimentos cardíacos e contração muscular.

Laranja

Por se fonte de vitamina C, o consumo da fruta ajuda absorver ferro, regular o intestino e evita infecções, protegendo a saúde do bebe e a da mamãe.

Melancia

A fruta é rica em potássio e magnésio, além de ser um diurético natural, contribuindo com a saúde dos rins do recém-nascido.

Por ser também rica em água e fibras, ajuda no trânsito intestinal, tornando a evacuação mais fácil, evitando as cólicas.

Dicas valiosas

Os alimentos que são ricos em ômega 3 e 6 são importantes para o desenvolvimento neurológico da criança, então, incluir abacate, nozes, linhaça, castanhas, sardinha, entre outros, deixarão o leite materno rico em nutrientes.

A inclusão desses alimentos na dieta pode mudar um pouco o sabor do leite, o que pode ser bom para mostrar a crianças outros paladares.

Não se deve pular refeições e é recomendado variar as frutas legumes, para aumentar a quantidade micronutrientes. O ideal é consumir alimentos orgânicos, pois eles são mais saudáveis para ambos.

A amamentação é um momento muito importante para a vida do bebê, pois, ele depende dela para crescer nutrido, além disso, é também um momento de maior conexão entre ele e a mamãe, ou seja, é algo realmente indispensável para os dois.

Gostou da nossa dica de hoje? Continue acompanhando nosso blog para ler sobre saúde e qualidade de vida para a toda família.

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Alimentação no nosso blog.
Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Saúde no nosso blog.

Deixe um comentário