Gostou do post? Ajude-nos votando nas estrelas AQUI Abaixo 👇
Nos ajude e Avalie Este Post:

Nada como ver os resultados de seus esforços, não é mesmo?

Para quem faz dieta ou algum tipo de exercício físico, acompanhar as mudanças do corpo é algo satisfatório, principalmente, quando está chegando perto de algum objetivo, que pode ser o emagrecimento, o ganho de massa, definição, etc.

Mas para alcançar as metas é importante ter a consciência e a responsabilidade de que deve ter um profissional junto com você para acompanhar a perda de peso e monitorar a dieta afim de garantir que tudo está sendo feito de forma adequada.

Como ocorre a perda de peso?

A preocupação com o peso é algo muito comum dentro da sociedade e isso atinge pessoas de diferentes idades e faixa-etárias.

O problema disso é que diante dessa inquietação, muitas pessoas acabam emagrecendo do jeito errado, prejudicando a saúde.

Então, entender como acontece o processo de perda de peso é saber como funciona o corpo, o metabolismo, a fisiologia dele e como os hábitos influenciam nisso.

Ou seja, acaba se tornando um processo de autoconhecimento e, claro, de autocuidado. Mas para isso é importante compreender os seguintes pontos:

O metabolismo

O corpo é uma engrenagem complexa de compreender e muitas variáveis influenciam no metabolismo, como por exemplo: alimentação, estresse, ciclo menstrual, atividades físicas, genética, entre outros.

Então, mesmo que seja seguida uma rotina muito disciplinada, o corpo nunca vai perder a mesma quantidade de calorias no dia a dia por depender de todos esses fatores.

Sendo assim, acompanhar o emagrecimento nem sempre é algo fácil ou até mesmo satisfatório, inclusive, quando está chegando perto do objetivo, pois, neste momento o organismo passa a manter o estoque de energia, dificultando a perda de calorias.

Metabolismo lento X metabolismo rápido

Para quem é mais ligado em assuntos sobre qualidade de vida e saúde, certamente, já ouviu falar sobre metabolismo lento ou rápido. No entanto, poucas pessoas sabem como é o próprio metabolismo.

Porém, um nutricionista pode dizer com certeza qual é o tipo de cada pessoa.

Saber se o seu metabolismo é rápido ou lento é importante para entender como o próprio corpo funciona e cuidar dele forma consciente, adequando a dieta e exercícios de acordo com cada necessidade.

O carboidrato é o combustível do corpo

Cortar os carboidratos não é um jeito saudável de emagrecer, até porque esse grupo deve ser suprido no corpo regularmente para que o organismo possa ter energia.

A falta de carboidrato causa cansaço, indisposição e tonturas. Ou seja, não adianta emagrecer a todo custo.

O mesmo serve para outros tipos de alimentos, afinal, os grupos alimentícios possuem funções especificas no corpo, como por exemplo, deixar o sistema imunológico fortalecido, estimular as funções químicas, trazer equilíbrio vital, entre outras.

Isto é, dietas restritivas forçam o emagrecimento de forma errada e só devem ser feitas quando recomendada e acompanhada por um médico em casos específicos em que é importante a não ingestão de determinados alimentos, mas nesta situação, o especialista pode indicar alimentos substitutos.

Perder peso muito rápido não é indicado

Geralmente, junto com a vontade de perder peso vem a ansiedade e daí surgem as dietas restritivas e milagrosas.

Porém, quando o emagrecimento acontece de maneira muita rápida por meio dessas dietas, o corpo acaba queimando os músculos para que possa ter mais energia, e, então, o resultado só poder ser um: perda de peso acelerada, no entanto, parte disso resulta em perda de massa muscular.

E perder massa muscular é prejudicial à saúde, pois, dificulta a manutenção do peso, impossibilita queimar calorias e faz mal até mesmo a outros órgãos.

O cérebro não gosta de dietas

O cérebro detesta as dietas, sendo assim, como é possível emagrecer?

Em linhas gerais, o cérebro não entende quando queremos perder peso, então, ele aciona um estado de emergência fazendo com que fique cada vez mais difícil resistir a qualquer tentação ou acabam consumindo menos energia dos alimentos.

Mesmo assim, quando ocorre a perda de peso, o cérebro trabalha para que o peso anterior seja recuperado. Isso faz com que pessoas que entram em dietas sejam mais propensas a serem obesas.

A dieta acaba gerando sentimentos negativos, como estresse e ansiedade, e isso faz com que o cérebro não entenda o que de fato é fome ou gula.

No caso do estresse, ele consome muita glicose, substância fundamental para manter o autocontrole, ou seja, uma pessoa estressada tem mais dificuldade para resistir as tentações. No caso da ansiedade, ela contribui para o desenvolvimento de hábitos compulsivos.

Então, como fazer com que o cérebro entenda o desejo de emagrecimento?

Para isso acontecer, o foco não pode ser totalmente na alimentação, mas, sim, no conjunto de hábitos saudáveis, como por exemplo, a prática de exercícios e até mesmo a meditação. Pois essas atividades podem modificar a forma como o cérebro pensa e estabelecer uma relação saudável com corpo, mente e hábitos.

Como saber que estou perdendo peso de forma saudável?

Bom, nem sempre perder peso significa que está fazendo do jeito certo, no entanto, existem maneira de monitorar o emagrecimento e entender se está indo no caminho certo ou não.

Por isso é sempre orientado fazer este processo de emagrecimento com o acompanhamento de um médico especialista. No entanto, listamos algumas maneiras de identificar a perda de peso forma saudável ou não.

Emagrecendo certo

– Mais disposição no dia-a-dia;

– Melhor condicionamento físico;

– Se sente mais forte e saudável;

– Vontade de manter uma alimentação equilibrada;

–  Bom humor, boa autoestima;

– E, claro, redução de circunferência ou manutenção de peso.

Emagrecendo errado

– Mal humor;

– Compulsão por alimentos;

– Emagrecimento muito rápido;

– Mudança de humor repentina;

– Sintomas como dores de cabeça e tontura.

São vários fatores que influenciam no emagrecimento, para fazer isso de uma maneira saudável é extremamente importante que um médico faça esse acompanhamento, além de claro, entender o próprio corpo e hábitos.

Autocuidado é algo essencial para esse processo, pois, ele traz responsabilidade com a própria saúde.

Continue acompanhando o site da Nature Center para ler mais sobre saúde e qualidade de vida.

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Emagrecimento no nosso blog.

Deixe um comentário