Maca peruana o que é e para que serve

Conhecida como uma planta nutritiva e medicinal, a Maca peruana é muito consumida devido aos diversos efeitos positivos que esta planta causa ao ser humano e em animais.

Essa planta também se tornou foco de estudos de especialistas para avaliar seus valores proteicos na alimentação, além da composição química e dos benefícios ao corpo.

Neste texto será abordado o que é a Maca peruana, quais os benefícios que ela causa ao organismo e porque a consumação dela é recomendada por especialistas, através da alimentação ou da suplementação.

O que é a Maca peruana?

A Maca peruana é uma planta herbácea (até 1 metro de altura), que tem o nome científico de Lepidium meyenii, mas ficou conhecida por esse nome porque foi cultivada nos Andes do Peru por séculos (entre 4000 a 1200 a.C.).

Essa planta pertence à família Brassicaceae, assim como o repolho, a couve e o nabo.

A história da Maca Peruana

Acredita-se que um imperador Inca usava essa planta na alimentação de seus soldados, com a intenção de que seus exércitos tivessem mais energia durante as batalhas.

Entretanto, conta-se que apesar de ser atribuída a ela o aumento das vitórias dos exércitos, o desejo sexual dos homens também aumentou e ficou fora de controle. Por esse motivo ela ganhou o apelido de “viagra inca”.

Com o passar dos anos e o aumento do interesse de estudiosos e pesquisadores, a lenda ganhou cada vez mais embasamento científico. Estudos comprovam que sim, há um aumento significativo da libido masculina e feminina, além de outros aspectos benefícios que serão abordados nos próximos tópicos.

Uso medicinal

A porção da Maca Peruana utilizada para consumo é o seu caule subterrâneo (tubérculo), também conhecido popularmente como raiz. Seu consumo principal é como alimento nutritivo e medicinal.

Seu uso medicinal principal é para a melhora da fertilidade, além de ser muito conhecida como um estimulante sexual, pois ajuda no aumento libido, e auxilia na saúde reprodutiva feminina, principalmente nos sintomas da menopausa e TPM.

Você sabe para que serve a maca peruana?

A Lepidium meyenii é usada para diversos tratamentos medicinais, por ajudar no tratamento de diversos problemas de saúde, como:

  • Osteoporose;
  • Câncer de próstata;
  • Infertilidade;
  • Depressão;
  • Fadiga;

As propriedades da Maca Peruana se devem às proteínas e minerais presentes em sua composição em níveis significativos. Esses nutrientes auxiliam a regularizar a menopausa e desequilíbrio hormonal feminino, a famosa TPM.

Ação antioxidante

Para entender como a Maca peruana age no tratamento terapêutico, é preciso analisar a sua composição química. As substâncias que se destacam em sua composição são antioxidantes que atuam como protetores contra a ação dos radicais livres hidroxila e radicais superóxidos.

Os antioxidantes presentes nessa herbácea medicinal potencializam o combate do envelhecimento precoce do corpo e ajudam a prevenir o aparecimento de doenças, como Alzheimer, doenças cardíacas e o câncer. Por isso, ela é cada vez mais recomendada por nutricionistas, pois ajuda a manter o organismo em equilíbrio.

Opinião de especialistas

Seus benefícios para o organismo são confirmados por especialistas, como o nutricionista Waldemar Rinaldi, da rede Natue. Ele afirma que a Maca Peruana é reconhecida pelas agências regulatórias do Brasil como um alimento nutritivo e rico em fibras.

Benefícios para os homens

Pesquisadores ingleses verificaram que essa planta medicinal possui composições funcionais parecidas com os efeitos da testosterona quanto ao controle biológico do corpo.

Com isso, o corpo é estimulado a produção de esperma e aumento do apetite sexual, pois os efeitos do extrato dessa planta agem nas secreções de hormônios sexuais, o que potencializa a libido.

Benefícios para mulheres

Estudiosos comprovaram também que o extrato dessa planta reduz os efeitos colaterais da menopausa e o desequilíbrio hormonal, além de auxiliar no aumento da densidade óssea na região lombar. Esses efeitos encontrados são atribuídos a ação de fitoesteróis e fitoestrogênios presentes nesta herbácea.

Outros benefícios comprovados cientificamente

Além das vantagens para a saúde descritas, há pesquisas de diferentes universidades que comprovaram outros benefícios da Maca Peruana descritos nos próximos tópicos a seguir.

Universidade Victoria

Na Universidade Victoria, na Austrália, o tubérculo foi testado em 29 chinesas na pós-menopausa. Nos estudos foi observado que o consumo de 3,3 gramas dessa planta por dia não provocou mudanças hormonais, no entanto, as voluntárias tiveram melhoras nos sintomas da depressão e redução nos níveis de pressão arterial.

Ainda na mesma Universidade em 2008 houve um estudo que provou que o vegetal ajuda na redução dos problemas causados pela ansiedade e em sinais de depressão. A pesquisa teve como base os dados de 14 voluntárias que também estavam na pós-menopausa.

Universidade Peruana Cayetano Heredia

Já na Universidade Peruana Cayetano Heredia, foram encontrados minerais que ajudam na recuperação da massa óssea, massa essa que é perdida durante o déficit hormonal.

Os minerais encontrados nesta planta medicinal que contribuem com a reposição de massa óssea são o cálcio e o magnésio. Isso ocorre porque esses dois minerais são os mesmos minerais que fazem parte da composição do nosso esqueleto.

Como consumir a Maca Peruana?

Essa herbácea pode ser consumida de diversas formas tanto pela alimentação como pela suplementação. Confira abaixo algumas dessas opções:

  • Crua;
  • Desidratada;
  • Cozida;
  • Farinha;
  • Cápsulas (suplemento);
  • Pó (suplemento).

Ela também pode ser consumida após ser fervida com água ou leite e misturada com suco, café, coquetéis ou bebidas alcoólicas.

Dentre as opções listadas a suplementação é uma das formas mais efetivas e práticas de consumir essa planta na rotina diária, saiba nos próximos tópicos as formas de suplementá-la e onde adquiri-las.

Suplementação da Maca Peruana

Na Nature Center há uma variedade de Maca peruana em formato de cápsula que ajuda na ingestão e facilita o consumo durante o dia. É sempre importante, no entanto, verificar nossas recomendações para cada tipo de Maca e escolher a que combina melhor com você.

Também há a possibilidade de suplementar a Maca Peruana na forma de pó de diferentes formas, como as listadas a seguir:

  • Bolos: pode ser adicionado o pó da herbácea na mistura de bolos e panquecas, além de pães. No entanto, ao esquentar o extrato da planta há a diminuição do seu valor nutritivo;
  • Bebidas: o extrato pode ser consumido misturado a sucos, chá, vitamina e outras bebidas. Entretanto, como o pó é fibroso e não dilui fácil na bebida, o ideal é bater no liquidificador com sucos e vitaminas para deixar mais homogêneo;
  • Frutas: os efeitos podem ser melhores se consumidos junto com frutas, para isso basta adicionar o pó na mistura de frutas;
  • Cremes ou patês (pasta de amendoim, amêndoas, abacates e mangas): mistura-se o extrato em pó com o alimento escolhido até virar um patê.

Todas essas opções acima tornam o consumo dessa planta medicinal em pó diversa e saborosa, é só escolher o que mais agrada ao paladar.

Com todas essas informações se pôde conhecer o quanto a Maca Peruana pode ajudar na saúde e no bem-estar do seu dia a dia sobre questões relacionadas a libido, reprodução e outros. Para conhecer as opções de suplementação dessa planta medicinal acessem o site da Nature Center.

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Alimentação no nosso blog.
Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Saúde no nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Fitness no nosso blog.