Gostou do post? Ajude-nos votando nas estrelas AQUI Abaixo 👇
Nos ajude e Avalie Este Post:

Quando fazemos exercícios físicos muitas coisas acontecem com o nosso corpo:  é possível sentir o suor, as dores nos músculos, respiração intensa e o coração bater mais rápido. Isso acontece porque os diferentes grupos musculares trabalham ao mesmo tempo para gerar movimento.

Algo que é muito importante se atentar é na sua frequência cardíaca, afinal, ao praticar algum exercício o coração também se desenvolve, ficando cada vez mais forte e saudável.

Dessa maneira, se você é adepto a exercícios ou pratica esportes e nunca mediu a sua frequência, já passou da hora de medir!

Relação entre frequência cardíaca e exercícios

Durante um treino a frequência cardíaca é quem vai indicar se a intensidade física está adequada para você, pois, cada pessoa possui um ritmo diferente e controlando isso é possível evitar que o seu corpo vá além do que pode aguentar.

Ou seja, funciona como um termômetro durante os exercícios, mas para ter um controle preciso é recomendado fazer uma avaliação para saber a faixa de batimentos cardíacos que deve manter nos treinos.

Use um frequencímetro para medir os batimentos

Esse aparelho é um importante aliado para quem é adepto a treinos e esportes.  Uma vez que, é ele que mede a frequência cardíaca, ou seja, com ele é possível saber se está além ou aquém do que deveria, ajudando, consequentemente, a melhorar o rendimento e ficar de olho na saúde cardiovascular.

O monitor cardíaco é a melhor ferramenta para definir alguns parâmetros de segurança e conhecer a sua zona de frequência cardíaca.

Ele indica a intensidade dos exercícios praticados, que se for muito baixa, por exemplo, você não se beneficiará do exercício em sua totalidade, prejudicando assim o seu objetivo.

Para quem sofre de arritmias ele é indispensável, pois, quem tem algum problema cardiovascular corre sérios riscos ao se exercitar sem o frequencímetro.

Obviamente, é importante consultar um especialista para saber como usar e entender melhor o seu corpo, mas é um fato: quem treina deve ter um para fazer esse acompanhamento que é muito importante.

Como melhorar a frequência cardíaca

Sentir o coração acelerado é absolutamente normal em situações que exigem mais esforço, porque nestes momentos ele está bombeando mais sangue.

Entretanto, existem diferenças entre o coração treinado e o coração sedentário. Se qualquer subidinha faz ele acelerar isso significa que precisa aumentar a sua disposição e diminuir o sedentarismo.

Se a sua frequência cardíaca está alta em repouso, está na hora de mudar esse quadro!

Exercícios físicos, especialmente, os aeróbicos, ajudam a diminuir a frequência cardíaca em repouso, se fizer isso aliado a uma mudança de hábitos alimentares, será melhor ainda, pois, é necessário cuidar do corpo com um todo.

Além disso, é importante evitar o cigarro e diminuir o consumo de bebida alcoólica, porque o tabagismo e ingestão de bebidas desse tipo já foram relacionadas a alta frequência cardíaca.

E, claro, reduzir o estresse também é importante, mas, não se esqueça:  é sempre muito importante consultar um médico para saber como está a saúde cardiovascular.

Fazer exercícios físicos diariamente faz super bem ao organismo, e o corpo responde a essa prática de diversas formas.

Entender como ele funciona e prestar atenção nas reações dele faz parte desse processo de autocuidado, ok? Quer ficar por dentro de mais dicas e conteúdos sobre saúde? Fique sempre de olho no nosso blog!

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Saúde no nosso blog.

Deixe um comentário