Tag: vitamina C

Falta de vitamina C: Sintomas e Cuidados

A reputação da Vitamina C, conhecida formalmente como ácido ascórbico, é totalmente merecida. Uma das substâncias mais importantes em inúmeros aspectos do funcionamento do nosso corpo, essa importância é sentida ainda mais quando ela está ausente ou se encontra em quantidades abaixo do ideal. Aqui nós iremos enumerar para vocês as diversas implicações negativas que uma dieta carente em quantidades apropriadas de Vitamina C pode ter no organismo, além das principais doenças que podem acometer crianças e adultos com um quadro de hipovitaminose. Por último, serão listadas algumas precauções para manter níveis aceitáveis da vitamina em seu organismo e evitar problemas futuros, seja através de cuidados com a sua dieta ou de suplementação por meio de itens disponíveis aqui na Nature Center!

Doenças Causadas pela Falta de Vitamina C

Para enumerar as doenças causadas pela ausência do ácido ascórbico no organismo, deve-se primeiramente enumerar as funções dele, para se ter uma ideia do que é perdido quando ele não se encontra em níveis ideais.
Doenças Causadas pela Falta de Vitamina C – Fonte: Freepik.
Doenças Causadas pela Falta de Vitamina C – Fonte: Freepik.
Além de participar nos processos de respiração celular, a substância também é fundamental na síntese de adrenalina e a dopamina. Além disso, a Vitamina C confere os benefícios de tornar o organismo mais resistente contra infecções e fortalecer a integridade das paredes dos vasos sanguíneos. É uma substância fundamental na formação de praticamente todos os tecidos do nosso corpo, além de desempenhar um papel-chave nos processos de regeneração deles.

Escorbuto

A relação entre a deficiência de Vitamina C e o desenvolvimento do escorbuto começou a ser feita lá no século XVIII, quando muitos marinheiros contraíram a doença durante longas viagens marítimas e chegavam a morrer no processo. James Lind, um médico escocês, foi o primeiro a se tornar notório por pesquisas relacionando as duas coisas. Tal notoriedade culminou na publicação de um estudo em 1753, onde era comprovado que o quadro do escorbuto poderia ser remediado pela ingestão de sucos cítricos. As descobertas do estudo foram ganhando popularidade ao longo dos anos até que, em 1795, a marinha britânica tornou obrigatória a ingestão de frutos cítricos pelos marinheiros. Após contrair o escorbuto, um quadro sintomático demora poucos meses para se desenvolver. A lista de sintomas inclui, mas não se limita a: hemorragia subcutânea; gengivas doloridas, inchadas e arroxeadas; dentes frouxos; inchaço nas articulações; cabelo seco e quebradiço; pele áspera e escamosa; acúmulo de líquido nas pernas; fadiga e possível desenvolvimento de anemia; e uma maior probabilidade de infecções. Como mencionado na história dos marinheiros do século XVIII, casos mais graves dessa doença podem até mesmo levar à morte, especialmente se não forem tratados de forma adequada.

Doença de Barlow

A grande importância que a Vitamina C tem na composição das fibras colágenas, na reparação de tecidos e na manutenção da integridade dos tecidos musculares torna sua ausência sentida em crianças mais jovens através da Doença de Barlow, conhecida popularmente como sopro no coração. Doença de Barlow, mais frequente em crianças com hipovitaminose, é também chamada de prolapso da válvula mitral. Trata-se de um problema cardíaco no qual a válvula mitral, que separa as câmaras superior e inferior (respectivamente, átrio e ventrículo) esquerdos do coração, não fecha apropriadamente e se torna incapaz de impedir o retorno de sangue do ventrículo para o átrio. Essa insuficiência da válvula mitral gera um “ruído cardíaco” durante a contração do ventrículo, que é conhecido como sopro mesossistólico e pode ser detectado através da auscultação por meio de estetoscópio.

Falta de Vitamina C: Sintomas

A deficiência grave (com alta probabilidade de desenvolver doenças) é caracterizada por um nível abaixo de 0,2 mg de vitamina no sangue.
Falta de Vitamina C: Sintomas – Fonte: Freepik.
Falta de Vitamina C: Sintomas – Fonte: Freepik.
Além de provocar o Escorbuto e a Doença de Barlow, a falta de vitamina C é frequentemente relacionada com o retardo na cicatrização de feridas. Isso se deve ao fato supracitado de que ela apresenta papel essencial na produção do colágeno e reparação de tecidos. Um estudo realizado pela pesquisadora Anitra Carr analisou os efeitos da vitamina C em pessoas doentes com quadros clínicos variados. Dentre outros pacientes analisados, aqueles que possuíam baixos níveis de vitamina C estavam mais propensos a ter choque séptico, que consiste no estágio avançado de uma infecção que é caracterizado por comprometer vários órgãos do corpo ao mesmo tempo, com possibilidade de levar à morte. Além disso, o estudo da doutora Carr mostrou que a vitamina C reduz a duração dos comuns quadros de gripe e resfriado, além de ajudar muito na melhora do humor de pacientes, fazendo com que o tratamento ocorra de forma mais tranquila. Quanto à parte de melhorar o humor, a explicação para isso é o seguinte: visto que o ácido ascórbico influencia na produção de dopamina e adrenalina, tal como foi dito no início do texto, adultos que estiverem aderindo a uma dieta com baixo teor da substância podem se sentir mais cansados, fracos e irritadiços. Além disso, eles podem perder peso e apresentar falta de definição muscular, além de dores nas articulações mesmo antes de o quadro (possivelmente) evoluir para escorbuto. Bebês e crianças com o mesmo problema podem ficar irritados, sentir dor ao tentar se movimentar ou sofrer com perda de apetite. Bebês não ganham peso como fariam normalmente. O crescimento ósseo é prejudicado em bebês e crianças, e também há a possibilidade de sangramentos e anemia.

Cuidados com a Falta de Vitamina C

Pode-se prevenir a deficiência de vitamina C através de uma ingestão regular das quantidades recomendadas de alimentos ricos no nutriente, tais como frutas e verduras frescas, ou tomando a quantidade recomendada em suplementos diários.
Cuidados com a Falta de Vitamina C – Fonte: Freepik.
Cuidados com a Falta de Vitamina C – Fonte: Freepik.
Frutas e vegetais frescos são as principais fontes de Vitamina C, e as únicas que você precisa normalmente para repor o nutriente em circunstâncias usuais. Por exemplo, como fora dito anteriormente, frutas cítricas e derivados são altamente ricos nessa substância, e geralmente se encontram no topo das listas de alimentos relacionados à vitamina. Além disso, há uma grande variedade de suplementos como os que estão disponíveis na Nature Center em cápsulas, gomas mastigáveis (que certamente irão agradar as crianças), efervescente, entre outras formas. A quantidade diária idealmente recomendada para pessoas adultas no geral é de 100 miligramas, embora pessoas que se encontram em situações excepcionais a exemplo de infecções, gravidez, amamentação e tabagismo exigem quantidades mais altas para suprir essa necessidade. Claro, seria preciso consumir menos de 10 mg ao dia para haver a possibilidade de chegar a um quadro como escorbuto, mas “apenas” ter o hábito de ingerir qualquer quantidade inferior à metade da recomendação diária tem sido relacionada a um aumento do risco de ataque cardíaco. Vale lembrar também que o consumo não pode exceder 2.000 mg por dia em hipótese alguma, pois quantidades excessivas dessa substância podem prejudicar o organismo causando diarreia, náusea, vômito, dor de cabeça e insônia.

Alimentos Ricos em Vitamina C

Quando se fala em uma alimentação mais saudável, normalmente o que quer se dizer com isso é falar de uma alimentação balanceada, que seja seja equilibrada entre carboidratos, proteínas e em destaque vitaminas e minerais. Dentre as vitaminas que o nosso corpo precisa, a Vitamina C provavelmente é uma das mais práticas para serem consumidas no dia a dia, com uma grande variedade de fontes e uma riquíssima diversidade de sabores que podem ser incluídas na dieta. Até por isso, saber as fontes de vitamina C é algo muito importante para qualquer pessoa que está em busca de ser saudável. A Vitamina C contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico, também contribui para o reparo dos tecidos danificados, para prevenir o envelhecimento precoce e até mesmo para o bom funcionamento do cérebro {linkar texto vitamina c para que serve}. Conhecer as principais fontes dessa vitamina e saber incluí-las de maneira adequada na alimentação é o primeiro grande passo para que você possa ter uma alimentação e uma vida realmente saudável.

Alimentos com Vitamina C

Frutas e vegetais podem ser facilmente citadas como as maiores e mais efetivas fontes de Vitamina C. Por isso, focar na alimentação com esse tipo de alimento é um grande passo para aumentar o consumo desse nutriente tão importante em sua dieta.
Alimentos com Vitamina C fonte: Freepik.
Alimentos com Vitamina C fonte: Freepik.
Um ponto positivo de incluir com frequência frutas e vegetais na alimentação é que quando você come menos alimentos processados, naturalmente estará ingerindo mais nutrientes importantes e menos substâncias prejudiciais para o seu corpo. Além disso, esses alimentos também trazem uma série de benefícios e nutrientes que se complementam entre si, proporcionando uma mais efetiva e abrangente absorção de vitaminas e minerais. Uma alimentação o mais natural possível seria a melhor forma de garantir uma nutrição segura, completa e saudável. Abaixo, poderemos relacionar exemplos de alimentos ricos em Vitamina C.

Pimentas

Uma fonte surpreendentemente rica e até mesmo subestimada são as pimentas em geral. Uma pimenta verde contém em média 109 miligramas de Vitamina C, quantidade que corresponderia a cerca de 121% da ingestão diária recomendada. Pimentas vermelhas contém, em média, 65 miligramas, o que corresponde a 72% do recomendado. (1, 2) Além disso, o composto que dá às pimentas o seu sabor picante característico, a capsaicina, tem numerosos benefícios. Algumas pesquisas mostram que essa substância seria capaz de reduzir casos de dor crônica e riscos de inflamação no corpo (3). Segundo pesquisas, haveria também certa evidência de que algumas substâncias presentes nas pimentas ajudam na queima de gordura. (4)

Pimentões Amarelos

Os pimentões também são uma rica fonte de Vitamina C. Ao contrário das pimentas, no entanto, a quantidade dessa vitamina presente nos pimentões tende a aumentar à medida que eles amadurecem. Assim, os pimentões amarelos são a melhor fonte de vitamina, nesse caso. Apenas 75 gramas de pimentão amarelo contém 137 miligramas da Vitamina C, o que corresponde a 152% do valor diário mínimo necessário (5). Esse valor seria o dobro da quantidade encontrada nos pimentões verdes. Estudos feitos com o aumento da ingestão dessa vitamina a partir dos pimentões mostram a importância de ter uma ingestão diária saudável. Uma pesquisa feita com cerca de 300 participantes do sexo feminino teria descoberto que aquelas com hábitos de praticar um maior consumo de vitamina C na dieta tiveram um risco 33% menor de desenvolver catarata, quando comparado àquelas com menor ingestão. (6)

Couve

A couve é um vegetal do grupo dos crucíferos. Essa família de plantas abriga um grande número de alimentos saudáveis, riquíssimos em uma grande variedade de nutrientes e fibras. Recomenda-se fortemente que eles façam parte de qualquer dieta. Uma xícara de couve cortada crua contém cerca de 80 miligramas de vitamina C, o que chega a quase 90% da ingestão diária mínima recomendada. Estão presentes neste vegetal, também, quantidades consideráveis de de vitamina K, além dos carotenóides luteína e zeaxantina, que se transforma na Vitamina A em nosso corpo. (7) Geralmente, o cozimento desses vegetais reduz um pouco a quantidade de vitamina por grama. Porém, estudos correlacionaram o preparo, seja através do cozimento ou fritura, a um aumento na quantidade de antioxidantes disponíveis para ingestão. Essas substâncias poderosas ajudam a reduzir doenças inflamatórias e crônicas. (8)

Frutas ricas em Vitamina C

A vitamina C tem uma característica marcante em relação a diversos nutrientes: ela integra o quadro nutricional de uma grande maioria das frutas. Em menor ou maior quantidade, é possível encontrar esse nutriente em praticamente qualquer fruta, seja ela uma das que comemos no nosso dia a dia ou mais exótica.
Frutas ricas em Vitamina C Fonte: Freepik.
Frutas ricas em Vitamina C Fonte: Freepik.
Mesmo assim, é importante saber quais frutas têm um maior percentual desse nutriente. Toda fruta também tem calorias, então por mais que você deva sempre comer uma boa quantidade de frutas diariamente, é importante conhecer as que são mais nutritivas e então tomar passos necessários para que essas sejam priorizadas em nossa alimentação. Assim, podemos obter a maior quantidade de nutrientes com o menor teor calórico possível. Isso é especialmente importante em dietas de emagrecimento.

Frutas Cítricas

Quando alguém menciona as fontes Vitamina C, normalmente se falaria de frutas cítricas. Uma fruta muito presente no cardápio dos brasileiros, a laranja, bem como outras frutas cítricas possuem diversos benefícios e o seu alto teor desse nutriente é apenas um deles. Uma laranja de tamanho médio possui cerca de 70 miligramas dessa vitamina, o que seria o equivalente a mais ou menos 78% do valor mínimo recomendado. As acerolas, outra fruta cítrica bem conhecida no Brasil, possui ainda mais desse nutriente, proporcionalmente. As outras frutas cítricas também possuem quantidades significativas de vitamina C. Tangerinas, diferentes tipos de limões, outras frutas como abacaxi e podemos citar até mesmo frutas um tanto quanto diferentes em algumas regiões do Brasil como o caju ou exóticas como a toranja são excelentes opções para obter esse nutriente.

Goiaba

A goiaba é uma fruta conhecida por ser típica de países como o México e estar presente em diversas regiões da América do Sul. Ela é certamente conhecida por muitos brasileiros e seria uma das frutas mais ricas em vitamina C, apresentando ainda em sua composição outras substâncias importantíssimas. Ela possui uma carne vermelha e costuma ser bem doce. É rica em fibras e no antioxidante licopeno. Além disso, uma única goiaba conteria cerca de 126 miligramas de Vitamina C, o que corresponde a incríveis 140% do valor diário recomendado. Ou seja, uma única goiaba seria eficaz em suprir as necessidades diárias médias de uma pessoa saudável dessa vitamina. (9) Além disso, diversos estudos mostram os benefícios da goiaba. Nos Estados Unidos, um estudo que durou cerca de 6 semanas e contou com a participação de 45 pessoas saudáveis teria descoberto uma correlação entre o consumo diário de goiaba e uma grande redução nos casos de pressão alta e nos níveis totais de colesterol (10). Isso pode estar ligado ao grande potencial das vitaminas presentes na goiaba em combater a retenção de líquido, que tende a aumentar a pressão sanguínea. Além disso, um dos benefícios diretamente relacionado ao valor de fibras presente nessa fruta seria a redução de LDL, o colesterol ruim.  
beneficios-da-vitamina-c-destaque

Entenda os benefícios da vitamina c !

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, é um nutriente essencial que ajuda a manter o nosso corpo em bom funcionamento. É um dos nutrientes mais seguros e eficazes, dizem os especialistas. Pode não ser a cura para o resfriado comum, embora seja pensado para ajudar a prevenir complicações mais graves.  
beneficios-da-vitamina-c-frutas
Fonte: Freepik.com

Os benefícios da vitamina C podem incluir proteção contra:

  • Deficiências do sistema imunológico;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Problemas de saúde pré-natal;
  • Doenças oculares;
  • Rugas da pele.
Encontrada em alimentos e suplementos alimentares, essa vitamina ajuda em muitas funções biológicas, incluindo a síntese de colágeno, a cicatrização de feridas e o reparo e manutenção de cartilagem, ossos e dentes. A vitamina C também é um antioxidante, o que significa que pode neutralizar os radicais livres que podem danificar as células no nível genético, retardando o envelhecimento precoce. Ela tem sido usada historicamente para prevenir ou tratar o escorbuto e outras doenças associadas à deficiência dessa vitamina. Hoje, é amplamente apontado como uma defesa natural contra os resfriados comuns. Embora a vitamina C seja considerada um “reforço imunológico”, existem poucas evidências de que a ingestão possa realmente prevenir ou tratar uma infecção. Atuando assim, mais no equilíbrio dos processos que participa e na prevenção do que no tratamento de doenças e problemas de saúde. Acredita-se ainda que a vitamina C ajude na prevenção de inúmeras doenças, incluindo resfriados, asma, bronquite, câncer, dor crônica, catarata, gastrite, glaucoma, doença cardíaca, pressão alta, osteoartrite e doença de Parkinson, embora a verdadeira eficácia seja na prevenção e tratamento  dessas doenças ainda esteja sendo investigada por especialistas no mundo todo. No entanto, sendo uma Vitamina Hidrossolúvel, ela precisa ser constantemente reabastecida pelo organismo, pois é muito facilmente eliminada pela urina. Esse fato leva muitas pessoas a fazer a suplementação da vitamina C através de cápsulas e comprimidos. Entenda melhor a seguir.

Vitamina C em cápsulas

A ingestão diária recomendada de vitamina C é de 75 mg para mulheres e 90 mg para homens.   Embora seja geralmente recomendado consumir alimentos com vitamina C, muitas pessoas recorrem a suplementos para atender às suas necessidades. Isso é facilmente alcançado através da dieta, portanto, a suplementação de doses baixas é geralmente desnecessária. Doses mais altas de vitamina C, até 2.000 mg, são usadas para apoiar o sistema imunológico (para atletas) ou reduzir a duração do resfriado comum. A maioria dos estudos sobre vitamina C prescreve uma dose por dia. A alegação de que tomar 2.000 mg até cinco vezes por dia para reduzir otimamente os sintomas do resfriado não é suficientemente testada e requer mais evidências. E uma das apresentações mais comuns como suplemento é através de cápsulas, que fazem parte do dia a dia de muitas pessoas atualmente. As cápsulas de vitaminas e normalmente tem 1000 mg e podem conter diferenças nos componentes de sua fórmula.  
beneficios-da-vitamina-c-capsulas
Fonte: Freepik.com

Quais os cuidados que eu devo ter para escolher a melhor cápsula de vitamina C ?

Confira a dosagem e dê uma boa lida em todos os componentes da fórmula do suplemento, normalmente as cápsulas não costumam conter vitamina C pura. Assim, existem diferentes composições de suplementação da vitamina, inclusive algumas são vegetarianas.  O ideal é que você de preferência para cápsulas que possuam a maior quantidade de ingredientes naturais possível.

Quais as consequências do excesso de vitamina C para o organismo ?

A sobrecarga de vitamina C, particularmente por meio de injeções intravenosas, tem sido demonstrada repetidamente em estudos de caso como causadores de danos aos rins por oxalato. Isso é remediável (potencialmente letal se não for tratado) e pode ser um motivo para evitar ingerir suplementação de qualquer tipo de vitaminas sem a supervisão de um médico.

Vitamina C em comprimido

Essa é outra forma comum de encontrar suplementação de vitamina C.  
beneficios-da-vitamina-c-comprimidos
Fonte: Freepik.com
  Os comprimidos de vitamina C, normalmente como uma dosagem também de 1000 mg, são uma forma conveniente e altamente dosada. Esse tipo de suplementação de vitamina através de comprimidos é adequada para quem procura aumentar a ingestão de vitamina C na dieta, sendo o comprimido uma forma muito prática de ingerir. Ela é particularmente benéfica para atletas de treinamento intenso, procurando manter a função imunológica mais reforçada.

Quem deve tomar os suplementos de vitamina C ?

Embora recomende-se que o suplemento seja obtido a partir de uma dieta saudável, se as exigências do dia a dia (horários de trabalho complicados e falta de tempo para cozinhar) impedem o cumprimento da Ingestão Diária Recomendada (IDR) dessa vitamina, pode ser uma boa ideia adicionar um suplemento de ácido ascórbico à sua alimentação.

Quais as outras indicações do consumo de vitamina C através de comprimidos ?

É especialmente indicada para fumantes que consomem anticoncepcionais orais ou que estão tentando perder peso pois se beneficiarão de um suplemento de vitamina C. Além disso, indivíduos que sofrem de anemia podem usar o ácido ascórbico para favorecer a absorção de ferro, por isso, também devem procurar saber com seus médicos sobre necessidade de fazer a suplementação de qualquer tipo de vitamina.

Vitamina C para pele

Tom de pele irregular, textura áspera, linhas finas e cicatrizes de acne – você pode citar qualquer preocupação comum com a pele e há uma boa chance de que a vitamina C seja um tratamento recomendado.  
beneficios-da-vitamina-c-para-pele
Fonte: Freepik.com
  Surpreendentemente, os benefícios da pele resultantes da vitamina C não se limitam ao seu status antioxidante. Possui muitas outras propriedades curativas da pele que o tornam digno de um lugar permanente no seu armário de remédios. Lembre-se: o colágeno e a elastina são fibras proteicas de ocorrência natural que ajudam a manter a pele firme. Desta forma, como essa vitamina auxilia a promover a produção de colágeno, a vitamina C tópica (aplicação em área específica) pode ajudar a prevenir o envelhecimento prematuro da pele. Assim sendo, são comuns cremes e os produtos de aplicação para pele feitos à base de vitamina C com diferentes composições.

Quais outras particularidades da vitamina C são interessantes para pele ?

Outra coisa interessante sobre o ingrediente: ela contém uma propriedade que inibe a produção de melanina da pele, que causa a descoloração da pele, como manchas escuras e hiperpigmentação.

Como aumentar a eficácia da vitamina C para melhorar a pele ?

A vitamina C pura é mais efetiva para melhorar a pele e a eficácia dela também aumenta quando combinada com outros antioxidantes, como a vitamina E. Juntas elas podem dobrar a proteção contra os danos dos radicais livres. Portanto, fique de olho na composição dos produtos que você vai comprar para melhorar a sua pele!

Vitaminas C: dicas finais

Como vimos, as vitaminas são essenciais para o funcionamento do nosso organismo e pode melhorar muito a nossa saúde! Essas foram as nossas dicas de hoje, até a próxima!  
Fonte: Freepik.com

O que são vitaminas e sua bioquímica

O que são vitaminas ?

Você sabe o que são vitaminas? Com certeza já ouviu falar delas, que elas fazem bem para a saúde e são essenciais ao organismo, mas você sabe o que realmente é uma vitamina?  
o-que-sao-vitaminas-02
Fonte: Freepik.com
Hoje vamos falar sobre isso, e explicar em maiores detalhes o que são vitaminas, vitaminas hidrossolúveis e vitaminas bioquímicas, para você tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto. Acompanhe.

Definição de vitaminas

As vitaminas são um grupo de substâncias necessárias para o funcionamento, crescimento e desenvolvimento normal das células. E possuem funcionamentos semelhantes em diferentes grupos de animais.  
o-que-sao-vitaminas-03
Fonte: Freepik.com

Existem 13 vitaminas essenciais. Isso significa que essas vitaminas são necessárias para o corpo funcionar corretamente. São elas:

Cada uma das vitaminas listadas acima tem uma função importante no corpo. Uma deficiência de vitamina ocorre quando você não recebe o suficiente de uma determinada vitamina para que ela possa manter a sua função no corpo eficientemente. A deficiência de vitamina pode causar problemas de saúde. Assim como, altas doses de certas vitaminas podem ser tóxicas e causar diferentes problemas no nosso organismo. Não é bom exagerar, mas sim é necessário ingerir a dosagem necessária de cada vitamina no organismo. Em consequência, antes de fazer uma suplementação com vitamina ou qualquer coisa assim sempre consulte seu médico e faça uma avaliação médica para saber exatamente as vitaminas que precisa repor ou diminuir. As vitaminas são agrupadas em duas categorias, conheça elas agora: Vitaminas lipossolúveis:  que são armazenadas no tecido adiposo do corpo e as nove vitaminas hidrossolúveis.
  • Vitaminas lipossolúveis 
As quatro vitaminas lipossolúveis são as vitaminas A, D, E e K. Essas vitaminas são absorvidas mais facilmente pelo organismo na presença de gordura na dieta.
  • Vitaminas hidrossolúveis
Já a maioria das vitaminas hidrossolúveis não são armazenadas no corpo. Quaisquer uma dessas vitaminas em excesso deixam o corpo através da urina. Embora o corpo mantenha uma pequena reserva dessas vitaminas, elas devem ser tomadas regularmente para evitar escassez no organismo. A vitamina B12 é a única vitamina solúvel em água que pode ser armazenada no fígado por muitos anos. Vamos entender melhor as vitaminas hidrossolúveis no tópico a seguir, mas antes confira algumas dicas sobre vitaminas  e a função delas em nosso organismo.

Porque as vitaminas são tão importantes para o organismo humano?

Vitaminas e minerais são nutrientes essenciais porque desempenham centenas de papéis no corpo relacionados ao nosso metabolismo e a nossa fisiologia. Por isso, há uma linha tênue entre consumir o suficiente desses nutrientes (que é saudável) e consumir demais (o que pode acabar prejudicando você).

Qual é a melhor forma de obter  os nutrientes certos e as vitaminas para o nosso organismo?

Comer uma dieta saudável continua sendo a melhor maneira de obter quantidades suficientes de vitaminas e minerais necessários.

O que são Vitaminas Hidrossolúveis?

Vitaminas solúveis em água são embaladas nas porções aquosas dos alimentos que você come. Elas são absorvidas diretamente na corrente sanguínea à medida que os alimentos são decompostos durante a digestão ou quando um suplemento se dissolve.  
o-que-sao-vitaminas
Fonte: Freepik.com
  Como grande parte do seu corpo é constituído por água, muitas das vitaminas solúveis em água circulam facilmente em seu corpo. Seus rins regulam continuamente os níveis de vitaminas hidrossolúveis, evitando excessos do corpo na urina. As vitaminas B6, B12 e ácido fólico metabolizam aminoácidos (os blocos de construção das proteínas) e ajudam as células a se multiplicarem. Várias vitaminas B são componentes-chave de certas coenzimas (moléculas que auxiliam enzimas) que ajudam a liberar energia dos alimentos. E um dos muitos papéis desempenhados pela vitamina C é auxiliar na fabricação de colágeno, favorecimento da cicatrização, suporte das paredes dos vasos sanguíneos e formação da base para dentes e ossos. Embora as vitaminas solúveis em água tenham muitas tarefas no corpo, uma das mais importantes é ajudar a liberar a energia encontrada nos alimentos que você come. Outros ajudam a manter os tecidos saudáveis.

Quais são as vitaminas hidrossolúveis?

As vitaminas hidrossolúveis são em total de 9, como segue: Vitaminas do complexo B - Biotina (vitamina B7); vitamina B9 (Ácido fólico ou folato); Niacina (vitamina B3); Ácido pantotênico (vitamina B5); Riboflavina (vitamina B2); Tiamina (vitamina B1); Vitamina B6; Vitamina B12. e a vitamina C.

O que acontece com as vitaminas hidrossolúveis que desaparecem do organismo rapidamente?

Ao contrário da crença popular, algumas vitaminas hidrossolúveis podem permanecer no corpo por longos períodos de tempo. Você provavelmente tem vários anos de suprimento de vitamina B12 no fígado. E mesmo as reservas de ácido fólico e vitamina C podem durar mais de alguns dias. Porém, as vitaminas hidrossolúveis devem ser reabastecidas frequentemente.

Vitaminas: bioquímica

A grande maioria das vitaminas atua no organismo como enzimas. Ela tem um papel fundamental no metabolismo do corpo humano. Algumas vitaminas, como a vitamina D, funcionam como hormônios ou participam diretamente em catalises, sem ação de proteínas como a vitamina E.  
o-que-sao-vitaminas-01
Fonte: Freepik.com
  As vitaminas lipossolúveis se destacam por serem capazes de se acumularem no nosso corpo, no fígado e no tecido adiposo. Entre estas a vitamina D, encontrada em peixes e óleos, é essencial para a absorção de cálcio e fósforo. Já a vitamina A garante a saúde dos olhos e faz parte do sistema imunológico, que é responsável pela defesa do organismo contra infecções. Ela é encontrada em alimentos como fígado, espinafre, acelga e cenoura, entre outros A vitamina E tem como função principal função prevenir a contração de doenças cardiovasculares, retardar o envelhecimento, fortalecer a imunidade do nosso organismo. Essa vitamina pode ser encontrada em verduras, peixes, gema de ovo, germe de trigo e óleos vegetais. Já a vitamina B é uma vitamina do tipo hidrossolúvel que atua principalmente na proteção das artérias, no tratamento de anemia e previne também a úlcera intestinal. algumas vitaminas do complexo B têm funções específicas que ajudam a produzir neurotransmissores e células de defesa para o organismo. E a vitamina C, talvez a mais famosa de todas, atua principalmente na prevenção do desenvolvimento de tumores e de problemas cardíacos. Ela é encontrada em limões, laranjas, tomate, batatas e, folhas verdes e outros alimentos. A vitamina C também atua na fabricação de anticorpos para o organismo e como antioxidante para as células.

Por que é tão importante manter uma boa alimentação para termos todas as vitaminas que precisamos no nosso corpo?

Importante destacar que as vitaminas não são sintetizadas pelos organismos vivos ou são em quantidades inadequadas para atender as demandas das suas funções vitais. Em consequência, as vitaminas precisam ser obtidas através da dieta ou de suplemento de vitaminas.

Qual a principal causa da falta de vitaminas no organismo?

A principal causa da falta de uma quantidade adequada de vitaminas no organismo é uma dieta pobre de nutrientes, ou seja, por uma alimentação pouco variada e que pode levar ao desenvolvimento de algumas doenças graves pela falta de vitaminas essenciais ao corpo.

Vitaminas: últimas dicas

No Brasil, o consumo alimentar e alimentação saudável  ainda é um verdadeiro desafio para muitas pessoas. Para não termos deficiência de vitaminas no organismo é essencial que tenhamos uma dieta saudável e balanceada! Visite nossa loja Nature Center
Tipos de Vitaminas

Tipos de vitaminas: Suas funções e classificações

Tipos de Vitaminas

As vitaminas são definidas como um composto orgânico de baixo peso molecular e é um nutriente vital que o organismo requer em quantidades limitadas. Esses compostos orgânicos são indispensáveis para o nosso organismo, pois realizam funções celulares específicas e são peças-chave na manutenção da nossa saúde. Como as vitaminas possuem uma síntese complexa, ao longo da nossa história evolutiva fomos deixando de sintetizá-las em quantidades suficientes, e hoje as obtemos principalmente através da nossa dieta. Desta forma, através de uma dieta balanceada garantimos a reposição para que atuem no bom funcionamento do nosso corpo.    
Vitaminas em comprimidos
Fonte: Freepik.com
  Por exemplo, o ácido ascórbico (vitamina C) é uma vitamina muito importante para organismo humano, mas não para a maioria dos outros animais. A suplementação dela é importante para o tratamento de certos problemas de saúde, como é o caso do escorbuto e sintomas de gripes e resfriados. Todas as vitaminas naturais são substâncias orgânicas encontradas apenas em seres vivos, isto é, plantas e animais. O corpo não pode fabricar ou sintetizar vitaminas, salvo poucas exceções que mostraremos logo em seguida. Elas devem ser fornecidas pela dieta ou em suplementos alimentares.

Existem 13 vitaminas que seu corpo precisa:

• São as vitaminas A, C, D, E, K e B (tiamina, riboflavina, niacina, ácido pantotênico, biotina, vitamina B-6, vitamina B-12 e folato); • Normalmente, você pode obter todas as suas vitaminas dos alimentos que ingerir; • Seu corpo também pode produzir vitaminas D (pele) e vitamina K (intestino); • Pessoas que fazem dieta vegetariana podem precisar tomar um suplemento de vitamina B12;   As vitaminas são essenciais para o funcionamento normal do nosso corpo. Eles são necessários para o crescimento, vitalidade, saúde, bem-estar geral e para a prevenção e cura de muitos problemas e doenças de saúde. Entenda mais sobre a função das vitaminas a seguir.

Função das vitaminas

Uma vitamina é uma molécula orgânica (ou conjunto relacionado de moléculas) que é um micronutriente essencial que um organismo precisa em pequenas quantidades para o bom funcionamento de seu metabolismo.
Vitaminas em cápsulas
Fonte: Freepik.com
  A maioria das vitaminas não são moléculas únicas, mas grupos de moléculas relacionadas. Por exemplo, a vitamina E consiste em quatro tocoferóis e quatro tocotrienóis. Elas têm diversas funções bioquímicas. Também são essenciais para o crescimento e desenvolvimento normais de um organismo multicelular. Usando o modelo genético herdado de seus pais, um feto se desenvolve a partir dos nutrientes que absorve. Para isso, é preciso que certas vitaminas e minerais estejam presentes em determinados momentos. Quando o crescimento e o desenvolvimento são concluídos, as vitaminas permanecem como nutrientes essenciais para a manutenção saudável das células, tecidos e órgãos que compõem um organismo multicelular. Elas também permitem que organismo humano use eficientemente a energia química fornecida pelos alimentos que consome e ajude a processar as proteínas, carboidratos e gorduras necessários para a respiração celular.

Função das vitaminas dentro do organismo

Conheça agora algumas das funções das vitaminas no nosso organismo e entenda um pouco mais do porquê elas são tão essenciais para ter um corpo saudável. A função da vitamina A é a de atuar como um regulador do crescimento e diferenciação de células e tecidos. A vitamina D possui uma função semelhante ao de um hormônio, regulando o metabolismo mineral dos ossos e outros órgãos. Já as vitaminas do complexo B funcionam como cofatores enzimáticos (coenzimas) ou precursores para eles O papel das vitaminas C e E é o de funcionar como antioxidantes mitigando a ação dos radicais livres e assim, ajudam a retardar o envelhecimento precoce. A ingestão deficiente e excessiva de uma vitamina pode causar doenças clinicamente significativas. Embora a ingestão excessiva de vitaminas hidrossolúveis seja menos provável de causar algum efeito negativo, por serem facilmente eliminadas pela urina.

Quais substâncias exatamente se enquadram na definição de vitaminas ?

O termo vitamina não inclui os três outros grupos de nutrientes essenciais: minerais, ácidos graxos essenciais e aminoácidos essenciais, mas somente essa molécula orgânica ou conjunto de moléculas que citamos no início desse tópico e que se constituem especificamente como vitaminas.

Por que precisamos ter uma dieta saudável para adquirirmos as vitaminas necessárias ao nosso organismo ?

Os nutrientes essenciais conhecidos como vitaminas não podem ser sintetizados no organismo, em quantidade ou não em quantidade suficiente, e, portanto, devem ser obtidos através da dieta. Por exemplo, a vitamina C pode ser sintetizada por algumas espécies, mas não por outras; não é uma vitamina em primeira instância, mas é em segunda.

Classificação das vitaminas

As vitaminas são classificadas por sua solubilidade ou, em outras palavras, pela capacidade da vitamina de se dissolver em outra substância. Por exemplo, vitaminas lipossolúveis são vitaminas que se dissolvem na gordura. Conheça agora as classes de vitaminas.
Alimentos com vitamina
Fonte: Freepik.com

• Vitamina lipossolúvel

As vitaminas lipossolúveis são complexos moleculares originados da condensação de unidades de isopreno, um composto orgânico. Elas são solúveis em lipídios (gordura e em outros compostos), mas não são solúveis em água. Por isso, precisam de lipídios e também de suco pancreático e bile para serem absorvidas pelo nosso corpo. Elas possuem funções muito importantes no funcionamento do nosso metabolismo e nossa fisiologia. As vitaminas lipossolúveis são A, D, E e K.

• Vitamina hidrossolúvel

As vitaminas solúveis em água são classificadas como vitaminas hidrossolúveis. Como o nosso corpo é um ambiente aquoso, essas vitaminas podem se mover por ele com bastante facilidade e podem ser liberadas na urina também mais facilmente. Desta forma, o excesso desse tipo de vitamina causa menos problemas que as lipossolúveis. As vitaminas hidrossolúveis são aquelas do Complexo B e a vitamina C. Confira perguntas e dúvidas que normalmente fazem sobre as vitaminas a seguir.

Qual a origem da crença popular de que comer cenoura ajuda a ver melhor à noite ?

As cenouras são alimentos ricos em vitamina A, e essa vitamina lipossolúvel é dos constituintes dos pigmentos visuais das células fotossensíveis (cones e bastonetes). Portanto, essa vitamina ajuda na manutenção da nossa visão e é essencial para manutenção de olhos saudáveis

. Como eu posso manter as vitaminas hidrossolúveis no meu organismo ?

Como o organismo humano não armazena vitaminas hidrossolúveis, você precisa reabastecê-las diariamente através da sua dieta ou da suplementação de vitaminas.

Benefícios das vitaminas

As vitaminas trazem diversos benefícios ao organismo, para ilustrar vamos ficar alguns deles.
Vitamina na laranja
Fonte: Freepik.com
A vitamina A ou retinol é útil no tratamento de distúrbios oculares, acne, doenças de pele e infecções, bem como na aceleração no processo de cicatrização de feridas. Também é boa para prevenir a degeneração macular e a catarata. Como carotenóide, a vitamina A também ajuda a melhorar a saúde do seu cabelo. A vitamina B1 ou tiamina pode prevenir o beribéri, doenças cardíacas e indigestão, além de aumentar o metabolismo do corpo, a circulação sanguínea e o desenvolvimento do cérebro. Essa vitamina, juntamente com as vitaminas B2 e vitamina B3, é essencial para pacientes idosos que precisam de nutrição extra e para aqueles com alto risco de demência ou doença de Alzheimer. A vitamina C ou ácido ascórbico ajuda a tratar vários distúrbios oculares, além de câncer, escorbuto, resfriado comum, infecção, diabetes, estresse, colesterol alto, doenças cardíacas, pressão alta, distúrbios renais, sangramento interno, pilhas, úlceras de córnea, inflamação, e envenenamento por chumbo, além de impulsionar o sistema imunológico. A vitamina D trata o raquitismo, artrite, cárie dentária, diabetes e previne a osteoporose. E esses são apenas alguns exemplos para que você possa compreender os benefícios das vitaminas.

Quais as vitaminas mais importantes para o organismo humano ?

Não existe uma vitamina mais importante do que a outra, você precisa consumir todas as vitaminas necessárias que estamos nesse texto para ter a saúde em dia.

Por que tantas pessoas fazem suplementação de vitaminas do complexo C?

Essa é uma vitamina hidrossolúvel e, portanto, é facilmente eliminada pela urina e não é produzida pelo organismo. Por essa razão, muitas pessoas recorrem à estratégia da suplementação de vitaminas quando não conseguem obter a quantidade a necessária para o corpo.

Vitaminas: dicas finais

Lembre-se de manter a sua dieta em dia, de comer frutas e verduras, leite e outras proteínas, para conseguir a sua dose diária de vitaminas! Essas foram as nossas dicas de hoje, e você que gosta de cuidar da saúde conheça nossa loja Nature Center. Conheça também nossos artigos da categoria saúde.

Como prevenir o envelhecimento da pele com vitamina C

Alguns fatores e mudanças que acontecem na pele podem incomodar bastante. Acnes, cravos, e o tão temido envelhecimento causam desconforto e deixam qualquer pessoa preocupada com a aparência. O que poucas pessoas sabem é que a vitamina C, bastante conhecida por fortalecer o sistema imunológico, ajudando na prevenção de gripe e resfriado, também auxilia no combate ao envelhecimento precoce, diminuindo a probabilidade de ter uma pele ressecada ou com rugas. Sendo assim, os benefícios da vitamina C são inúmeros e se tornou um dos queridinhos dos dermatologistas, pois garantem uma pele saudável e bonita. A seguir, descubra como utilizar essa vitamina a favor da sua saúde!

Quem causa o envelhecimento

Assim como o corpo, a pele também precisa ser nutrida, não apenas para ter um aspecto bonito, mas, também, para prevenir doenças. Porém, o envelhecimento chega para todo mundo e isso é inevitável. O que muitas vezes acontece é que ele vem de forma precoce e junto com ele traz as manchas, rugas, flacidez e linhas de expressão. Um dos principais motivos que causam esse envelhecimento são os radicais livres, que são moléculas formadas naturalmente pelo corpo por meio de reações metabólicas e liberadas na corrente sanguínea. Essas moléculas possuem um elétron a menos e se tornam instáveis, para que sejam estáveis, elas precisam “roubar” elétrons para completar a estrutura, sendo assim, se liga a outras moléculas, podendo prejudicar o funcionamento delas. Devido a isso, alguns problemas podem ser detectados, como as doenças degenerativas e outras marcas do envelhecimento. Os radicais livres não podem ser evitados, até porque, essas moléculas em quantidade normal fazem bem ao corpo, porém, de forma excessiva, são prejudiciais. Para haver um equilíbrio, é possível tomar alguns cuidados, que de certo, farão bem ao organismo como um todo, não apenas para evitar o envelhecimento precoce.

Encontrando um equilíbrio

Para chegar num meio termo e cuidar da pele, é importante manter uma alimentação rica em fonte de antioxidante, pois, com esses alimentos é possível inibir a ação oxidante dos radicais livres, protegendo as células. A vitamina C atua diretamente contra essas moléculas. Sem ela, não há produção de colágeno, que é a substância responsável em deixar a pele bonita. Por meio da vitamina C também é possível suavizar a pele, deixando-a mais macia, lise e firme. Além de reduzir os sinais de cansaço e de diminuir as linhas de expressão. Por ser um poderoso antioxidante, ela também protege dos efeitos nocivos do sol.

Onde obter vitamina C

É possível encontrar essa propriedade em fontes naturais, como a laranja e limão. Uma pessoa que se nutre, dificilmente, terá alguma deficiência dessa vitamina. Além disso, existem outras frutas quem também podem fornecê-la, como kiwi, manga, mamão, abacaxi e melancia. Pode ser encontrada em vegetais, como brócolis, pimentões, batatas, espinafre e repolho. Há muitos meios para aumentar o consumo, e sempre que possível escolher as opções orgânicas, pois o uso de agrotóxicos diminui a presença de antioxidantes nesses alimentos.

Como incluir a vitamina C para pele na rotina de beleza

Também é possível encontrar a vitamina C concentrada em dois tipos: em liquido (que vem com conta-gotas) e gel creme. É importante consultar um dermatologista para saber qual é o mais indicado para cada pele, visto que, existem algumas que são mais secas ou oleosas. Pode ser passado antes do protetor solar, que é recomendado ser utilizado todos os dias ou misturado no hidratante. Porém, não é indicado misturar com produtos que possuam retinol ou qualquer outro ácido que possa comprometer o poder de ação da vitamina C. Também é possível fazer o uso como se fosse um passo a mais na rotina de beleza, antes do hidratante.

Benefícios da vitamina C para a pele e para o resto do corpo  

Agora que você já sabe que a vitamina C faz bem ao sistema imunológico e também para e pele, pois ela tem a capacidade de aumentar a produção de colágeno, já está na hora de conhecer outras vantagens que este nutriente oferece. Sendo assim, separamos alguns benefícios que ela proporciona, para que comece a consumir essa vitamina o quanto antes!

1 – Saúde ocular

Os radicais livres também podem afetar os olhos por causa da exposição à luz. Entretanto, a vitamina C pode protege-los com os seus antioxidantes e ainda evitar doenças como a catarata.

2 – Combate doenças cardiovasculares

Também em consequência dos antioxidantes, a vitamina C atua contra o acúmulo de colesterol nas artérias, evitando doenças como arteriosclerose, hipertensão arterial e até mesmo infarto do miocárdio. 

3 – Regula o metabolismo

A vitamina C faz bem ao metabolismo, absorvendo ferro e controlando níveis de açúcar no sangue. Consequentemente, beneficia pessoas que tem anemia e diabetes.

4 – Ganho de massa muscular

Deve ser levado em consideração que os antioxidantes protegem os músculos dos radicais livres. Tomar a vitamina após o treino ajuda diminuir as dores pós treinos, fazendo com que o atleta se sinta mais confortável.

5 – Combate o estresse

Anda muito estressado? A vitamina C também ajuda a diminuir os efeitos do estresse. Essa propriedade é capaz de reduzir os níveis de Cortisol, hormônio que é estimulado pelo estresse e pode trazer efeitos nocivos às pessoas.   Viu só como e fácil evitar o envelhecimento da pele? Além de ser ótima para a pele, proporciona uma série de benefícios para o corpo. Com essas dicas da Nature Center é possível ter uma rotina nutrida de vitaminas que fazem bem e deixa o corpo saudável!

Quando e porque usar os Multivitamínicos

Todos nós sabemos da necessidade de manter nosso organismo em dia com as vitaminas e minerais. Mas será que sabemos exatamente o porquê? A maioria das pessoas sabe muito bem que uma alimentação equilibrada é a chave para manter o corpo bem nutrido, mas não tem tempo para programar essa alimentação ou são seduzidas por meios rápidos e fáceis de refeição, que, na maioria das vezes, não são os mais saudáveis. Não só para aqueles que buscam um complemento alimentarem, os multivitamínicos também são de bom uso para pessoas que estão sempre se exercitando, pois seu corpo exige mais nutrientes. Também são recomendados para pessoas com baixa imunidade, que enfrentam alguma doença ou passam por situações de stress elevado.

O que são?

Os multivitamínicos são cápsulas que proporcionam equilíbrio de vitaminas no organismo, podem conter vitaminas e minerais, e cada um tem a sua quantidade e descriminação específica. Alguns dos principais encontrados são:
  • Vitamina C – ajuda na resistência e combate radicais livres
  • Vitaminas do Complexo B – mantém equilíbrio mental, melhoram a saúde emocional, a absorção e digestão de alimentos e a eficácia de uma dieta balanceada.
  • Cálcio – previne a osteoporose e fortalece os ossos.
  • Ácido fólico – combate anemia, preveni doenças cardíacas e fortalece unhas e cabelo.
  • Zinco – ajuda no metabolismo e a melhorar o sistema imunológico, prevenindo assim algumas doenças.
O suplemento pode possuir outras funções e fornecer outros componentes, um exemplo, é o Selênio que tem função detox, e combinado com o multivitamínico, forma um poderoso complemento.

Benefícios

Que as vitaminas são necessárias e combatem doenças é de conhecimento geral. Mas qual o impacto direto do equilíbrio delas em sua vida? Aqui procuramos mostrar o quanto, na prática, o equilíbrio de nutrientes pode lhe ser útil:
  • Menos stress, mais energia e clareza mental – Nosso corpo passa por muito stress todos os dias o dia todo. No trabalho precisamos cumprir prazos, muitas vezes temos discussões intermináveis, entre outras situações. Já pensou que isso pode ser influenciado por alguma deficiência em vitaminas que impede seu bem estar? Com mais energia e mais clareza mental esses problemas serão amenizados.
  • Mais saúde e qualidade de vida – Não adianta também uma vida equilibrada emocionalmente, se você não tem saúde. Uma imunidade baixa afeta a sua rotina, sua produtividade e, claro, seu humor. Isso pode ser resolvido se você observar se as causas não são deficiências em vitaminas importantes para o seu organismo.
Mas lembre-se, o uso com acompanhamento médico é importante e recomendado para verificar o equilíbrio dos nutrientes no nosso corpo e utilizar desses medicamentos de forma saudável.

Quer complementar a sua alimentação com suplementos multivitamínicos? Confira alguns tipos no site da Nature Center

Goji Berry – Saiba os benefícios dessa super fruta

A Goji Berry é uma fruta avermelhada de aspecto enrugado que tem chamado atenção do mundo inteiro devido aos seu benefícios. A Goji Berry é originada da Ásia e se tornou febre em outros continentes como na Europa e América do Norte e recentemente chegou ao Brasil, mostrando ser altamente eficaz na perda de peso. A Goji Berry tem se mostrado altamente eficiente em promover o aumento da lipólise (quebra das células de gorduras) o que tem contribuído e muito para pessoas com problemas de obesidade e excesso de gordura localizada a terem um corpo saudável e em forma, livre daqueles quilinhos a mais. Uma das razões para esse aumento na queima de gorduras causada pela Goji Berry é devido ao seu alto valor nutricional, sendo rica em aminoácidos, minerais, ácidos graxos essências e principalmente Vitamina C. Ela também é rica em antioxidantes, os quais combatem os radicais livres sendo assim grande aliados contra o envelhecimento precoce da pele, mantendo-a com aspecto firme e jovial por mais tempo. Agora, uma pergunta que muitos fazem é como a Goji Berry promove o emagrecimento? Ela é altamente rica em Vitamina C, para ter um exemplo 100g de Goji Berry contém 2.500mg de Vitamina C, enquanto uma laranja possui somente 50mg, ou seja 50 vezes mais! Foi comprovado por estudos que a Vitamina C no organismo contribui para o aumento da queima de gorduras acumuladas, ou seja, mais Vitamina C favorece a maior queima de gordura como fonte energética, contribuindo consequentemente para o emagrecimento. Além desses benefícios, a Goji Berry possui proteínas e oligoelementos que melhoram nosso sistema imunológico também favorecem um maior equilíbrio na produção de hormônios. Assim, com um perfeito estado hormonal nosso organismo trabalha de forma otimizada e o metabolismo é acelerado. Atualmente a Goji Berry é disponibilizada de várias formas comerciais para melhor adequar as suas necessidades, como por exemplo: em cápsula, fruta seca ou em pó solúvel, ambas possuindo as mesmas vantagens e benefícios descritos. Alguma dúvida? Deixe sua mensagem abaixo, será um prazer lhe ajudar.

Inscreva-se para receber novidades e ofertas exclusivas

SAC / Televendas: (31) 3063-8989
E-Mail: sac@naturecenter.com.br
Rua Juruá, Bairro da Graça, Belo Horizonte/MG - CEP 31140-020
© 2010 – 2020 – Nature Center - Todos Os Direitos Reservados

Ao finalizar seu pedido, você concorda com as nossas condições de uso. Verifique a nossa Política de Privacidade, Cookies e Anúncios Baseados em Interesse.