Seis motivos para aderir ao óleo de linhaça

4.2
06

A linhaça, produto cada vez mais consumido, é a semente do linho (Linum usitatissimum), conhecida desde 5 mil a.C., quando já era cultivada na região da Mesopotâmia. A semente, que simbolizava proteção, foi encontrada em tumbas no Egito. Era também usada em rituais religiosos e no tratamento de feridas.

Existem dois os tipos de linhaça: a marrom e a dourada. A linhaça é um alimento funcional que oferece uma série de benefícios ao nosso organismo, especialmente favorecendo o funcionamento do coração, intestino e fígado, além de ajudar no emagrecimento, pois contém um alto teor de fibras. Se comparado à farinha da linhaça e às sementes, o óleo de linhaça tem menos fibras, mas possui várias outras qualidades. Extraído das sementes para uso na culinária, ele pode ser usado sobre comidas prontas ou como tempero de saladas.

Mas observe, pois esse tipo de óleo só mantém suas propriedades quando é prensado a frio. Ele não pode ser aquecido nem prensado no calor, já que altas temperaturas anulam as propriedades da linhaça. Dê preferência aos óleos de linhaça 100% integrais e naturais, que são obtidos a partir de apenas uma prensagem a frio e não contém aditivos nem solventes. O óleo de linhaça também pode ser encontrado em cápsulas, que são mais práticas e podem ser levadas na bolsa. Mas preste atenção no registro do Ministério da Saúde, que é a garantia de qualidade.

Para que serve o óleo de linhaça? Veja aqui alguns benefícios:

  • O óleo de linhaça possui grandes quantidades de ômega 3: A linhaça é uma ótima fonte de ômega 3, um tipo de gordura do bem que previne e ajuda a tratar uma série de doenças cardiovasculares ou de origem inflamatória. O óleo da semente ainda contribui para um bom funcionamento do organismo pois possui potássio e magnésio concentrados. Outros benefícios do ômega 3 estão relacionados ao combate de artrite e alergias. O ômega 3 ainda colabora para o melhor desempenho da memória e da concentração, bem como dos sistemas imunológico, nervoso e reprodutor. Ele também auxilia na proteção do fígado e previne o desenvolvimento da resistência à insulina, condição que pode levar ao diabetes.
  • O óleo de linhaça emagrece: O óleo de linhaça colabora para o emagrecimento e manutenção do peso, ajudando a ter uma vida mais saudável. Como dito acima, a linhaça contém ômega 3 e 6 e ácidos graxos que não são produzidos pelo nosso organismo e auxiliam na perda de peso e gordura corporal. O ômega 3 auxilia no combate a processos inflamatórios, diminuindo o tamanho de células adiposas. Já o ômega 6 colabora para que o organismo consuma mais gordura do que o carboidrato. Além disso, o óleo de linhaça é um alimento termogênico, o que significa que ele aumenta a temperatura corporal. Assim, para diminuir essa temperatura interna, o corpo é obrigado a gastar mais energia, consumindo as calorias extras e aumentando o metabolismo. E também por ser uma gordura, o óleo de linhaça gasta mais tempo e energia para ser digerido pelo organismo, criando uma sensação maior de saciedade.
  • O óleo de linhaça diminui o colesterol: O ômega 3, além de auxiliar na perda de peso, também colabora para evitar a possível formação de coágulos, pois ajuda a diminuir as taxas de colesterol total e de LDL (o colesterol “ruim”) enquanto ajuda a aumentar os níveis do HDL (o colesterol “bom”).
  • O óleo de linhaça diminui a prisão de ventre: Substâncias oleoginosas em geral auxiliam o bom funcionamento do intestino. O óleo de linhaça, dessa forma, ajuda a emulsificar o bolo fecal, que vai ser mais facilmente liberado pelo intestino, combatendo a prisão de ventre.
  • O óleo de linhaça protege contra alguns tipos de câncer: A linhaça também é muito rica em lignanas, que são fitoestrógenos ou fitoesteroides. São gorduras vegetais que se assemelham muito ao hormônio estrogênio e estão relacionadas à proteção contra o câncer de mama, contribuindo também para ossos mais saudáveis nas mulheres. Outra substância é a vitamina E, que previne uma série de doenças degenerativas, além de evitar o envelhecimento celular precoce. A linhaça também possui uma proteína que é fonte de arginina, glutamina e histidina: aminoácidos que contribuem para deixar o nosso sistema imunológico mais forte.
  • O óleo de linhaça diminui os efeitos da TPM: Para as mulheres que sofrem com a TPM e também com os efeitos da menopausa, o óleo de linhaça pode ser um grande aliado, pois, além das lignanas, a linhaça possui em sua composição grandes quantidades de isoflavona e outros fitoesteróides, que diminuem os sintomas da tensão pré-menstrual. 
Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Beleza e Bem Estar no nosso blog.