Diferenças e benefícios do Colágeno Hidrolisado

4.8
05

O corpo sofre diversas mudanças com o passar dos anos, e as mais visíveis ficam estampadas na pele, como as temidas rugas e a flacidez. Esse processo de envelhecimento ocorre naturalmente com o avanço da idade, no entanto, é motivo de incomodo para muita gente. Por isso, milhares de pessoas recorrem a produtos e procedimentos estéticos garantir a beleza e saúde da pele. Porém, segundo especialistas, essas alternativas são apenas soluções coadjuvantes nos cuidados com a pele e aparência. Pois, o tratamento mais eficaz para combater os efeitos do tempo e manter a jovialidade deve ser feito de dentro para fora, e uma das substâncias mais importantes para o sucesso desse processo é o colágeno.

Essa proteína é fundamental não só para a estética, mas também a saúde do organismo. Além de contribuir para a beleza externa ela participa de processos vitais no corpo humano. Confira a seguir os principais benefícios do colágeno e o melhor tipo de colágeno para cada necessidade.

Para que serve o colágeno

Fundamental para a saúde da pele, o colágeno é considerado o maior aliado para combater os danos que as mudanças climáticas, a poluição e o tempo causam sobre a derme. O colágeno é uma proteína poderosa que o corpo produz naturalmente, mas também pode ser proveniente de fontes externas, como alguns alimentos, suplementos e, até mesmo, cosméticos. Além de manter a pele firme e hidratada para suportar as baixas temperaturas, o colágeno também é capaz de combater os efeitos do envelhecimento.

O colágeno é sintetizado pelo corpo através da digestão de alimentos ricos na proteína, que são transformados em aminoácidos e, em seguida, distribuídos ao organismo pela corrente sanguínea. Mas, apesar de sua fama, muitas pessoas não sabem para que serve o colágeno de fato. Além de favorecer uma cútis impecável, ele também possui outras funções importantes. Para se ter uma ideia, cerca de 25% do total da proteína presente em nosso corpo é composta pelo colágeno. Ele é o principal responsável pela formação das fibras que proporcionam a flexibilidade, a elasticidade e a integridade da pele, músculos, ligamentos, tendões e, até mesmo, ossos.

Mas não para por aí, pois o colágeno também atua na formação de tecidos e ainda combate o enfraquecimento dos ossos e músculos do nosso organismo. Por isso, o colágeno é capaz de prevenir contra doenças decorrentes do desgaste físico, como artrose, artrite e fibromialgia.

Tipos de colágeno

O colágeno garante que o corpo funcione bem por dentro e ainda fique bonito e saudável por fora. Não é à toa que a indústria de cosméticos e produtos de beleza, uma das que mais crescem atualmente, investe constantemente em fórmulas que contém essa proteína e prometem resultados incríveis. Hoje é possível encontrar no mercado colágeno em diversas formas, como cápsulas, pó (para ser diluído na água ou no leite) e líquido, além de dois principais tipos de colágeno:

Colágeno tipo 2

Conhecido também como não desnaturado, o colágeno tipo 2 é abundante nas cartilagens e é produzido em um processo não enzimático, com baixas temperaturas para não hidrolisar a molécula e preservar a integridade da proteína, ao contrário do que acontece no colágeno tipo 1 e 3. Entre os benefícios do colágeno tipo 2 está a formação de fibras que sustentam a pele, mas ele também é responsável pelo melhor funcionamento das articulações, auxiliando no tratamento de doenças crônicas como artrite e artrose, bursite e tendinite, fibromialgia, síndrome do túnel do carpo e outras. Além disso ele colabora para o fortalecimento e regeneração de ossos, articulações, músculos e tecidos da pele, cabelos, tendões, ligamentos e outros órgãos.

Colágeno tipo 1 e 3

Conhecido também como colágeno hidrolisado, essa variação, que inclui tanto o colágeno tipo 1 quanto o colágeno tipo 3, possui as melhores vantagens estéticas. Aqui o colágeno passa por um processo de hidrólise, no qual a proteína é quebrada em partículas menores, permitindo assim uma maior absorção pelo corpo, de forma mais rápida e eficaz, e um melhor aproveitamento pelo organismo. Entre os benefícios do colágeno hidrolisado mais visíveis está a prevenção e adiamento do surgimento de rugas e linhas de expressão, além de conferir maior firmeza e elasticidade para pele, fortalecendo as unhas e cabelos e auxiliando, até mesmo, na redução de celulites e estrias.

Qual o melhor colágeno

Conforme a idade avança o organismo carece mais de colágeno. O corpo produz a proteína naturalmente até que a pessoa atinja o vigor físico, por volta dos 30 anos, quando as rugas e linhas de expressão começam a dar os primeiros sinais. Após esse período a síntese diminui cerca de 1% ao ano, atingindo o ápice aos 50 anos. Para adiar os efeitos da idade, além de minimizar o enfraquecimento ósseo e muscular, é possível fazer o aporte do colágeno por meio da alimentação e suplementação, mas é importante aliar essa reposição ao consumo de alimentos ricos em vitamina C, como laranja, morango, mamão e kiwi, para garantir a eficácia da absorção do colágeno.

O melhor tipo de colágeno vai depender da necessidade de cada pessoa. Para quem tem problemas nas cartilagens e articulações, é bom apostar no colágeno tipo 2, que é indicado para pessoas acima dos 30 anos. Já para fins estéticos e para garantir a manutenção da saúde, o colágeno tipo 1 e 3 é o mais recomendado. Mas, caso haja dúvidas na hora de decidir qual colágeno tomar o ideal é procurar o auxílio de um especialista, que poderá indicar o melhor colágeno, o método e a quantidade para atender as necessidades individuais de cada pessoa.

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Beleza e Bem Estar no nosso blog.

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Saúde no nosso blog.