Saiba como recuperar a libido feminina: veja algumas dicas

Uma das grandes reclamações presentes dentro do consultório ginecológico é a busca de recuperar a libido feminina, além de ser também um dos problemas mais complexos de serem resolvidos, pois há uma gama de fatores envolvidos nele.

 

A libido nada mais é do que o desejo sexual, normal e presente em todo ser humano. Esse desejo, no entanto, pode ser influenciado por diversos fatores, tais como certas questões físicas ou psicológicas, muito influenciadas pelo emocional. Justamente por isso, a libido feminina é semelhante a uma montanha russa: aumenta e diminui de acordo com as fases da vida.

 

Diversos fatores podem influenciar na alta ou na baixa da libido feminina, como por exemplo: episódios de ansiedade, episódios de estresse ou problemas diários, uso de certas classes de medicamentos como os antidepressivos, dentre outros.

 

É importante identificar essa questão, não só para recuperar a libido feminina como também para garantir seu bem-estar mental. Além disso, a libido da mulher é controlada pelo estrogênio, o hormônio responsável pelo desenvolvimento físico e sexual da mulher.

 

Por conta desses picos hormonais, há episódios em que a mulher apresenta muita ou pouca libido, onde dois extremos que podemos observar são no período fértil e na menopausa. Quer saber como recuperar a libido feminina e quais fatores são fundamentais para garantir seu bem-estar? Vem com a gente!

 

Libido feminina: o que pode está provocando a diminuição?

Há diversos fatores responsáveis por diminuir o desejo sexual e reconhecer quais são é uma etapa muito importante na hora de recuperar a libido feminina. Podemos dividir as causas em duas: orgânicas ou de fonte emocional e psicológica.

 

Ou seja, essa diminuição pode acontecer tanto pela redução dos hormônios que participam do desenvolvimento sexual como também por fatores externos como ansiedade, depressão, estresse ou outros problemas, que podem ser passageiros ou duradouros.

 

Há diversos sinais que indicam a redução da libido feminina, como alterações nos episódios de excitação, a ausência de fantasias sexuais e, principalmente, a diminuição do desejo sexual. Entretanto, para ser diagnosticado de fato com falta de libido, é necessário que esses sintomas sejam recorrentes e duradouros. As principais causas são:

 

Problema de causas orgânicas

As causas orgânicas que provocam a redução do libido sexual são: alcoolismo acentuado, depressão, episódios de ansiedade, problemas ou estresses no dia-a-dia, doenças cardiovasculares e o uso constante de drogas.

 

No entanto, a principal causa da redução de libido feminina são as alterações hormonais, que ocorrem especialmente durante a gravidez, a menopausa e no ciclo menstrual. A menopausa é a principal, visto que provoca a redução do hormônio sexual feminino.

 

Problema de causas emocional ou psicológica

Quando a redução de libido não é provocada pelas causas orgânicas, é causada por problemas de origem psicológica ou emocional, sendo estas as principais causadoras dessa diminuição. Como problemas de origem emocional ou psicológica, podemos citar:

 

  • Baixa autoestima, bastante comum entre as mulheres que se encontram insatisfeitas com o seu corpo. Quando essa preocupação com o corpo aumenta, a libido diminui;
  • Cansaço mental, causado por estresses e problemas rotineiros;
  • Problemas com o seu companheiro, onde a mulher não se sente à vontade com o mesmo ou apresenta diversos problemas constantes no relacionamento;
  • Falta do autoconhecimento, extremamente importante para saber o que lhe dá prazer em seu corpo.

 

 

Além disso, a redução da libido também está associada constantemente com os sintomas de depressão e ansiedade. Justamente por isso, é importante realizar exames periódicos, afinal, a libido está relacionada de forma direta com o nosso cérebro e em como ele se comporta.

 

Como recuperar a libido feminina

Bem, atualmente já sabemos que a libido feminina, além de estar relacionada com o cérebro, também está ligada diretamente com seu bem-estar físico. Saber como recuperar a libido feminina através destes fatores é essencial para melhorar a falta de desejo sexual e a sua saúde, de forma geral.

 

Dependendo dos casos, a falta de desejo sexual não é duradoura, pois ocorre apenas durante um episódio específico de cansaço, ansiedade ou frustrações diárias. Enfim, há algumas práticas que, além de garantir bem-estar físico e mental, ajudam a recuperar a libido feminina de forma eficaz e prática. São elas:

 

Realize exercícios de Kegel

Os exercícios de Kegel são nada mais, nada menos do que práticas onde você realiza exercícios de contração e de relaxamento dos seus músculos pélvicos que se localizam na região da vagina.

 

Estes exercícios são responsáveis por aumentar a circulação sanguínea da região, melhorar o seu tônus muscular, alongar o canal vaginal e tornar o colo do útero mais alto, de forma que a penetração durante o ato sexual seja confortável.

 

Conheça seu próprio corpo

O autoconhecimento através da masturbação é essencial para que você descubra quais são as áreas que te dão mais prazer e a localização do clitóris, de forma que você possa orientar o seu parceiro e conduzir ele durante o ato para sentir mais prazer.

 

Alimentação com o que ajuda a libido feminina

Alguns alimentos afrodisíacos, como por exemplo a pimenta, gengibre, açafrão ou ginseng são importantes para recuperar a libido feminina, pois estimulam a produção hormonal e melhoram a circulação de sangue na região, de forma que o contato íntimo seja favorecido.

 

O consumo deles deve ser feito diariamente para surtir o efeito desejado. Há também a opção de se utilizar suplementos em cápsula ou chás afrodisíacos que ajudam a recuperar a libido feminina.

 

Utilize de imaginação e criatividade

Além disso, é possível também utilizar brinquedos eróticos, tanto para o autoconhecimento como também no ato sexual. Use e abuse da imaginação e criatividade, procure sempre fazer coisas novas de forma que lhe garanta prazer e te desperte vontade dentro do ato sexual.

 

Assim, recuperar a libido feminina será um trabalho extremamente fácil, pois toda hora haverá uma novidade!

 

Aproveite as preliminares

A preliminar é uma importante parte do ato sexual responsável por ativar o cérebro e a libido por meio de carinhos como beijos, toques mais sensíveis e abraços. É importante saber que o ato sexual não é apenas penetração e envolve um todo, aproveitar bem as preliminares torna o sexo mais prazeroso e ajuda a recuperar a libido feminina facilmente.

 

Não tenha pressa durante o ato

Por último, é importante não ter pressa durante o ato sexual, desfrute de cada momento, aproveite e tenha foco no que está fazendo. Deixe os problemas de lado, os estresses diários, os problemas no trabalho ou com o companheiro, foque no momento, nas preliminares, no ato sexual em si, e desfrute de cada segundo de prazer!

 

Suplementos naturais

Também é possível recuperar a libido feminina com o consumo de suplementos de origem natural. Na Nature Center você encontra produtos como o ginseng, a maca peruana, a catuaba, dentre outras opções para conseguir trazer o desejo sexual de volta com recursos naturais. Acesse o site oficial e confira!

 

 

Alimentos que auxiliam a libido feminina

É possível recuperar a libido feminina através de alimentos específicos consumidos diariamente, que ajudam a apimentar um pouco mais a sua relação sexual! Além de alimentos afrodisíacos como pimenta, gengibre, açafrão ou ginseng que ajudam a circulação sanguínea e estimulam a produção de hormônios, há outros específicos com o mesmo papel!

 

O abacate, o chocolate amargo, amendoim, castanha-do-pará, caju, nozes, as sementes de abóbora, salmão, sardinha, atum, ostras, romã e a banana são alimentos que garantem mais energia, disposição, aumentam a produção hormonal e garantem melhor circulação sanguínea na região.

 

Recuperar a libido feminina, por mais que pareça uma tarefa difícil, não precisa ser. Há diversas opções e alternativas para apimentar sua relação e evitar que ela desanime sexualmente.

 

O primeiro passo é compreender qual é o fator e tentar corrigir ele, de forma que reverta o quadro e você consiga uma vida sexual ativa, que proporcione bem-estar físico e mental da forma que você merece!

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Saúde no nosso blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Últimas Postagens

Curtiu ? Ficou curioso ? Leia mais sobre Fitness no nosso blog.