Da cor do verão: aposte no cardápio saudável para conseguir o bronzeado perfeito

Dieta balanceada ajuda a manter a pele dourada por mais tempo

Verão, calor, praia: muitos amam essa combinação e a aproveitam para conquistar uma das marcas mais emblemáticas da estação: a pele bronzeada. A famosa marquinha de biquíni é, sem dúvidas, um dos símbolos mais apreciados e desejados pela mulherada. Com o sol nas alturas, muitos desfrutam dos raios intensos para dourar a pele rapidamente e desfilar a cor do verão. Contudo, é preciso muito cuidado: a exposição excessiva ao sol, mesmo que durante um único dia, pode danificar a pele e ainda causar danos a saúde. Para garantir um visual bonito e uma cor duradoura de maneira segura, o mais eficiente é apostar na alimentação funcional: com os alimentos certos é possível estimular o bronzeado e evitar a descamação da pele.

Bronzeado saudável

Você sabia que o bronzeado é praticamente uma reação de defesa da pele? Quando exposta à ação intensa dos raios ultravioletas, o tecido estimula a produção de melanina como forma de proteção. Em resposta à ação nociva dos raios UVA e UVB, essa substância migra para derme, a camada mais superficial da pele, causando seu escurecimento. A intensidade dessa resposta varia de pessoa para pessoa, pois depende de fatores como tempo e horário de exposição ao sol, época do ano e, sobretudo, aspectos genéticos. Porém, é evidente que por ser um processo de proteção natural da pele, abusar desse “mecanismo” pode causar danos à saúde.

A pressa é inimiga da perfeição e da pele

Quem nunca aproveitou aquele passeio à praia ou um dia de piscina para ficar horas “torrando” no sol? Quem já passou por essa experiência sabe que o resultado pode bem desagradável: vermelhidão, ardor, descamação da pele e, em casos mais extremos, bolhas; além do nada desejado bronzeado “estilo pimentão“. Para evitar esses incômodos é importante saber que, quando se trata de bronzeado, a pressa é inimiga da perfeição. Para alcançar um bronzeado saudável, bonito e duradouro o melhor é apostar na exposição moderada e gradativa ao sol, dessa forma, as camadas mais profundas da pele não são agredidas e ainda estimula-se a produção equilibrada de melanina. Porém, nem todos dispõem de tempo para tal, e acabam exagerando nos dias mais ensolarados. A boa notícia é que é possível estimular a liberação de melanina através da dieta: certos alimentos beneficiam a produção da substância e melhoram o aspecto da pele, ajudando a conseguir uma cor mais bonita mesmo sem a exposição prolongada ao sol.

Alimentos bronzeadores

Ricos em nutrientes e capazes de estimular a produção de melanina, alguns alimentos são grandes aliados na hora de conquistar e manter a cor do verão. Para turbinar o processo, a nutricionista Sinara Menezes aponta o que não pode faltar no cardápio pró-bronzeado “Além da clássica cenoura, alimentos como a beterraba, a laranja e o mamão devem compor a dieta, pois são ricos em betacaroteno – um pigmento que aumenta a elasticidade e vigor da pele, além de atuar como protetor contra os raios ultravioletas.” Contudo, nem só de suco de cenoura se faz um belo bronzeado, outros nutrientes são importantes para evitar a descamação e ajudar a “fixar” a cor por mais tempo “É importante consumir alimentos ricos em vitaminas C e E como a abóbora, acerola e oleaginosas, pois, quando combinados com o betacaroteno, potencializam a proteção às células, diminuindo a ação dos radicais livres.” – complementa a nutricionista.

Cardápio pró-bronzeado

  • Ricos em betacaroteno: cenoura, manga, batata-doce, beterraba e damascos secos são boas fontes desse precursor da vitamina A. “Esses itens são essenciais na dieta bronzeadora, pois auxiliam na produção de melanina, substância que pigmenta a pele”;
  • Vitaminados: vegetais folhosos e de coloração verde escura são, em geral, ricos em três vitaminas benéficas ao bronzeado: A, C e E. “Inclua no cardápio alimentos como a couve, o brócolis e o espinafre; frutas cítricas e oleaginosas como amêndoas e castanhas. Esses alimentos são ricos em nutrientes essenciais à pele e possuem poder antioxidante.”;
  • Hidratação: Manter o corpo hidratado é fundamental para evitar as temidas “casquinhas”. “Uma boa opção é incluir um suco bronzeador no café da manhã, preferencialmente nos dias que antecederem a exposição ao sol. Pode-se misturar dois ou mais ingredientes, fazendo variações como a água de coco, cenoura e laranja; beterraba, cenoura e acerola, etc.” Também é importante manter-se hidratado durante o banho de sol e depois da exposição solar, “dessa forma a pele pode segurar a cor por mais tempo. Portanto, beba muita água.”

De acordo com Sinara, uma dieta rica nesses alimentos não confere apenas um bronzeado duradouro como também previne a vermelhidão e as manchas na pele. Porém, se você pensa que basta tomar um suco bronzeador e correr para canga, chapéu, óculos de sol, mude seu conceito. A preparação para um bom bronzeado deve começar muito antes da exposição de fato. Conforme explica a profissional da Nature Center “Para conseguir bons resultados através da dieta bronzeadora é preciso incluir esses alimentos no cardápio por, pelo menos, duas semanas antes do dia de exposição ao sol e seguir consumindo-os com frequência após o bronzeado”.

Cuidados que nunca saem de moda

É preciso lembrar que alguns cuidados são primordiais na hora de tomar sol: mesmo que seu intuito seja pegar uma bela cor, o protetor solar é indispensável, inclusive nos dias de “mormaço”. Quem acredita que dispensá-lo garante um bronzeado mais rápido corre o risco de enfrentar os incômodos causados pela exposição excessiva, além dos possíveis danos à saúde. Para saber qual o protetor solar adequado para seu tipo de pele é importante consultar um dermatologista. Entretanto, apostar na dieta bronzeadora é uma ótima opção para conseguir um visual bonito e ainda fortalecer a pele: aliá-la ao banho de sol moderado, nos horários adequados, beneficia a liberação gradativa de melanina, conferindo uma cor duradora e uma pele mais saudável.  Atente para essas dicas e saiba como garantir um bronzeado impecável com toda a segurança:

  • Evite o sol do meio dia: O horário mais adequado para se expor aos raios é pela manhã antes das 10h ou no final da tarde, após as 16h. No verão, a incidência de raios ultravioletas entre as 10h e 16h é bastante elevada, portanto, deve-se evitar tomar sol neste período.
  • Protetor x Bronzeador: Ao contrário do que muitos imaginam o bronzeador não substitui o protetor solar, pois não protege contra os raios ultravioletas. O produto tem a finalidade de potencializar o bronze através da oxidação da pele, e não bloquear os raios UVA e UVB. Esse efeito bronzeador, inclusive, não se dá pela estimulação da melanina e pode conferir um aspecto artificial na pele de algumas pessoas. Logo, mesmo que faça uso do bronzeador, o protetor solar é indispensável.
  • Coma alimentos de coloração vermelho-alaranjada: invista na dieta bronzeadora consumindo alimentos ricos em betacaroteno, vitaminas A, C e E pelo menos 15 dias antes da exposição ao sol. Com o corpo bem nutrido, a pele mantém seu aspecto saudável e preserva o dourado por mais tempo.
  • Hidrate-se bem: Beba muito líquido, inclua sucos nutritivos na dieta antes da exposição ao sol e mantenha-se bem hidratado após o bronzeado. Durante o banho de sol é fundamental beber muita água, dessa forma, você se previne contra possíveis descamações da pele. Se você gosta de tomar uma cervejinha enquanto aproveita o sol, redobre a atenção com a água, pois a bebida alcoólica é diurética e aumenta o risco de desidratação.
  • Cuide da pele: dê preferencia a banhos frios ou levemente mornos após o bronzeado. Banhos quentes aumentam o ressecamento da pele e podem provocar casquinhas. Sempre tome uma ducha após o banho de mar para remover a salinidade da pele e aplique loções e cremes para mantê-la hidratada.
  • Tome sol no dia a dia: bronzeado bonito não se consegue apenas na praia. Se você puder, tome pelo menos 1 hora de sol por dia dentro dos horários considerados seguros e sempre faça uso do protetor. Sua pele produzirá melanina de forma gradual e estará mais preparada, conferindo um bronzeado mais duradouro, sobretudo com o apoio de uma dieta saudável. Além disso, a exposição moderada ao sol estimula a produção de vitamina D, essencial para o bom humor.

2 comments on “Da cor do verão: aposte no cardápio saudável para conseguir o bronzeado perfeito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *